Veja no vídeo abaixo como é a funcionalidade de pagamento em garantia na plataforma de produtos:

O que é Pagamento em Garantia?

É basicamente o processo de "segurar" a liberação do valor para o vendedor durante um determinado período, que por padrão é 14 dias (esse período é configurável na plataforma, podemos mudar isso).

Importante: em paralelo a esse fluxo tem o prazo de recebimento do gateway de pagamento. Esse prazo de recebimento você pode ver diretamente com o gateway, normalmente o saldo pago com cartão de crédito é liberado em 14 ou 30 dias, e boleto em 3 dias.

Então se após o período em garantia o prazo do gateway de pagamento não tiver sido finalizado o valor ainda não é liberado. E se o valor já foi liberado pelo gateway de pagamento, mas ainda está em garantia, o valor ainda fica retido.

O prazo do gateway começa a contar a partir da data de pagamento.

Obs: se você optar pelo Gateway de Pagamento do Pagar.me é necessário realizar uma configuração a mais, veja ela abaixo da explicação da Abertura da Disputa, que se encontra abaixo:


Entenda como funciona o processo de abertura de disputa

Agora estamos no ponto em que o comprador já solicitou uma disputa, já sabemos que o valor está bloqueado pela plataforma, e a movimentação dele deve se manual. Veja no fluxograma abaixo quais as possibilidades que surgem após a abertura de uma disputa até a sua finalização.

E como o comprador solicita?

O comprador precisa acessar o pedido em questão e clicar em "Contestar entrega".

Dessa forma uma disputa será aberta e o vendedor notificado. Nesse primeiro contato comprador e vendedor conversam para tentar um acordo.


O comprador tem essa visão da disputa:

Os dois pontos destacados dá a opção de o comprador ter duas ações:

  • Liberar pagamento: ao clicar nessa opção ele libera o pagamento imediatamente para o vendedor.
  • Solicitar mediação: ele solicita uma mediação para o administrador, o qual tem o poder de liberar ou estornar o valor.



O vendedor tem essa visão da contestação

Os dois pontos destacados dá a opção de o vendedor ter duas ações:

  • Estornar o pagamento: essa opção faz o valor ser estornado para o comprador.
  • Solicitar mediação: ele solicita uma mediação para o administrador, o qual tem o poder de liberar ou estornar o valor.



Demonstrado um cenário em que foi solicitado uma mediação ao administrador

O administrador visualiza as disputas por esse caminho:

Nessa página ele visualiza todas as disputas e caso queira acessar alguma pode clicar no ID dela.

E então a disputa é vista dessa forma:

Conforme os pontos destacados, o administrador tem duas ações possíveis:

  • Liberar o pagamento para o vendedor.
  • Estornar o valor pro comprador.

Configuração do pagamento em garantia no Pagar.me: nas configurações de recebedores do pagar.me você precisa parametrizar para o recebimento dos valores não serem automáticos, pois caso esteja como automático assim que o valor for recebido no pagar.me, isso é, quando o pagamento for confirmado o saldo é transferido para o vendedor.

Veja como acessar essa configuração abaixo:

Nessa tela a coluna "Transferência habilitada" deverá ficar com o valor "não", você pode editar o perfil de cada vendedor nessa tela mesmo.

Após o período de pagamento em garantia a plataforma executa uma atividade que solicita essa transferência, não sendo necessário que você faça esse processo manual.

Dessa forma o pagamento em garantia fica totalmente funcional.


Configuração do pagamento em garantia na Wirecard: você não precisa realizar nenhuma configuração no gateway, o pagamento em garantia já funciona normalmente, lembrando que no caso da Wirecard o saque é sempre manual.